Created with Sketch. Created with Sketch.

Campanha a decorrer

ALERTA: FOME!

A cada minuto que passa, há mais 1 criança que corre o risco de não sobreviver por causa da subnutrição aguda grave. A guerra na Ucrânia está a fazer acelerar uma crise alimentar mundial que coloca 13,6 milhões de crianças em risco.

A Rússia e a Ucrânia são conhecidos como “o celeiro do mundo”. Com a quebra nas exportações de cereais e de combustíveis provocada pelo conflito, o preço dos alimentos tem vindo a subir em todo o mundo, mas em alguns países, a situação está no limite. No Norte de África, no Médio Oriente e no Sul da Ásia, o número de crianças subnutridas cresce a cada minuto que passa. É uma questão de vida ou morte.

 

O mundo regista níveis históricos de subnutrição

A situação já era grave antes da guerra, com o mundo a registar níveis históricos de subnutrição. Três factores contribuem para isso:

Seca Extrema
Três estações de chuvas falharam no Corno de África, criando uma forte insegurança alimentar e a falta de acesso a água potável.

COVID-19
A pandemia provocou uma pressão económica que tem degradado as condições de vida das crianças um pouco por todo o mundo.

Conflito na Ucrânia
A guerra levou ao aumento do preço dos alimentos, criando uma situação limite sobretudo em países que dependem muito da importação de alimentos, como o Médio Oriente e o Norte de África, onde 90% dos alimentos são importados.

A subnutrição tem solução e ela está nas nossas mãos!

2 ferramentas simples e acessíveis permitem salvar vidas.

  • A régua MUAC (Mid Upper Arm Circumference), que permite diagnosticar o estado da subnutrição nas crianças.
  • Alimento Terapêutico Pronto a Usar, que tem feito a diferença entre a vida e a morte.

É URGENTE AGIR.

Faça um donativo hoje.

Salvamos a vida de 9 em cada 10 crianças com subnutrição aguda que são tratadas pelas nossas equipas. Mas o número de crianças que procuram ajuda tem estado a aumentar e o preço do alimento terapêutico que as pode ajudar estima-se que suba cerca de 16% nas próximas semanas.

Sem a sua ajuda, não vamos poder salvar todas as crianças.

Perguntas Frequentes

Passam recibos para os donativos?

Sim. Emitimos um recibo de todos os donativos que recebemos e todos os anos enviamos à Autoridade Tributária o Modelo 25 onde figuram todos os donativos com o respectivo número de contribuinte. Para isso, só tem que, no final do processo de donativo, indicar a opção que pretende recibo e dar-nos o seu NIF. Assim, na sua próxima declaração fiscal poderá apresentar o montante do donativo que realizou.

Como posso ter a certeza que o meu donativo vai para as crianças?

A transparência é um assunto extremamente importante para a UNICEF e é um dos pilares pelos quais o nosso trabalho se rege há mais de 70 anos. Como tal, é importante que saiba que:

  • todos os anos publicamos o nosso relatório anual que é público e está acessível a todos, basta clicar aqui.
  • Emitimos um recibo de todos os donativos que recebemos
  • A UNICEF Portugal tem as suas contas auditadas pelo seu Conselho Fiscal e ainda por auditores externos credenciados.
  • No portal da transparência da UNICEF pode ver a nossa acção e alocação dos donativos

Porquê ajudar a UNICEF?

Por várias razões:

  • A UNICEF depende exclusivamente de contribuições voluntárias.Estamos presentes em mais de 190 países e territórios
  • Trabalhamos incansavelmente para apoiar as crianças e as suas famílias, fazendo o que for preciso para que as crianças sobrevivam e possam desenvolver o seu potencial
  • Somos das organizações mais rápidas a chegar às emergências e a assistir humanitariamente os afectados
  • Apoiamos TODAS as crianças, sem distinção de raça, religião, etnia, política ou qualquer outro factor diferenciador.
  • Somos a organização que mais crianças já ajudou em todo o mundo.

 E não vamos parar até o mundo ser um lugar seguro para TODAS as crianças melhor.

Ainda estou com dúvidas. Posso ligar à UNICEF?

Sim, claro! Temos todo o gosto em esclarecer todas as dúvidas que tenha ou clarificar qualquer questão adicional.

Entre em contacto por:

  • Telefone: 21 317 75 00 (horário de atendimento: 9h30 às 17h30)
  • Email: donativos@unicef.pt